quarta-feira, janeiro 19, 2011

Estagiários

Tudo quebra pelo lado do elo mais fraco. E quando não há explicações, culpa-se sempre alguém que pode ser um alvo fácil e que jamais poderá defender-se convenientemente. Por exemplo, um estagiário. Foi mais ou menos isso que aconteceu na Real Federação Espanhola de Futebol. No comunicado com a nomeação do árbitro para o jogo de amanhã entre Atlético de Madrid e Real Madrid, podia ler-se que o árbitro iria actuar «sob o olhar atento de Mourinho, que se considera prejudicado pelas arbitragens nos últimos meses». Uma provocação grosseira de um organismo que deveria manter-se no seu lugar de observador imparcial do fenómeno.

O Real Madrid considerou, em comunicado, que a utilização da figura de José Mourinho nestes moldes constitui uma forma «lamentavelmente deliberada» de colocar os árbitros «contra o treinador do Real Madrid e contra o próprio clube».

Ora, a Federação espanhola de futebol teve de se retratar e explicou o sucedido de uma forma muito simples. Tratou-se de um erro de uma estagiária. Fácil, não é? Lá como cá, as pessoas ainda pensam que estas desculpas funcionam. Arranjando o alvo mais fácil.

2 comentários:

Jorge Rita disse...

Olha que eu conheço uns "catedráticos" que só fazem porcaria!!!
(e só não uso outro termo...)

Bruno Marques disse...

Se calhar fazem porcaria ainda mais rápido. Mas será que ficam com as culpas?