terça-feira, março 31, 2009

Pergunta

O Jorge (Rita) referiu, no blogue dele, que "a idade requinta-nos o bom gosto". Já tinha pensado nisso porque existem diversas coisas que não gostava muito quando era mais novo e agora simplesmente adoro.

A questão é: gostamos de coisas mais sofisticadas e diferentes, à medida que vamos ficando mais velhos, ou simplesmente ficamos menos exigentes com aquilo que nos rodeia?

segunda-feira, março 30, 2009

Takeshi's Castle

Se há coisas que me animam às segundas-feiras, esta série que já passou em Portugal é uma delas. Já aqui passou pelo blogue, mas nunca é demais recordar. Aqui fica...

domingo, março 29, 2009

Marley

Vi isto num filme e faz realmente todo o sentido. É por isso que os cães são animais especiais.


«Cães não precisam de carros luxuosos, casas grandes ou de roupas chiques. Água e alimentos já são o bastante. Um cão não quer saber se somos ricos ou pobres. Espertos ou não. Inteligentes ou não. Dê o seu coração e ela dará o dele também.

De quantas pessoas podemos dizer o mesmo? Quantas pessoas nos fazem sentir raros, puros e especiais? Quantas pessoas nos fazem sentir extraordinários?»

John Grogan

sexta-feira, março 27, 2009

Ocupação

«Sexo em gabinete do parlamento britânico

O semanário britânico The News of the World denunciou no domingo, com imagens a prová-lo, um caso de sexo com o deputado trabalhista Nigel Griffiths, de 53 anos, a receber uma mulher-mistério pelas 23 horas de 11 de Novembro de 2008. O escândalo, independentemente de ele ser casado, é ter havido sexo num gabinete de Westminster onde o regulamento impõe aos deputados "seriedade e decoro"»

In Sábado

O comentário que esta notícia me merece é que pelo menos em Inglaterra, ao contrário de Portugal, os deputados mantém-se ocupados com alguma coisa, enquanto aqui nada fazem, e trabalham para lá do horário laboral, empenhando-se nas horas extra que fazem. Este é um exemplo a seguir no nosso país...

quinta-feira, março 26, 2009

Despedidas

As despedidas são uma coisa terrível. Principalmente quando nos despedimos de alguém que não sabemos quando vamos ver pela próxima vez. Ficam sempre os sorrisos amarelos, as lágrimas pendentes nos olhos ou os gestos sem jeito.

E depois nunca sabemos que palavras utilizar. Um "até amanhã" é enganador e um "até breve" é demasiado vago. Gosto do "até qualquer dia", mas continua a ser muito pouco objectivo.

As despedidas são tramadas. Não gosto de me despedir de quem quer que seja. Mas acho que na vida estamos sempre a despedirmo-nos de alguém. Mesmo sem sabermos...

quarta-feira, março 25, 2009

Pergunta

O que fazemos com as ideias que ficam na nossa cabeça, mesmo quando já não há nada a fazer?


A resposta não é fácil e muitos de nós vivem com este tipo de pergunta constantemente na cabeça...

terça-feira, março 24, 2009

Frase

«Não existem pessoas insubstituíveis, mas há pessoas que fazem muita falta»

S.A.S.

segunda-feira, março 23, 2009

Chabal vs Castrogiovanni

A história que se segue deixou-me algo arrepiado. Li num jornal desportivo espanhol, citando um periódico italiano (não brinco em serviço), que dois jogadores de rugby resolveram travar-se de razões numa discoteca. Tudo aconteceu depois de um jogo de rugby entre as Selecções de França e Itália a contar para o Torneio das Seis Nações. O motivo foi uma mulher (só podia), mais concretamente a namorada do jogador italiano que o francês decidiu tentar conquistar.

Até aqui os contornos da história parecem todos muito normais, mas há alguns pequenos grandes pormenores que convém realçar. Sebastien Chabal, jogador francês, mede 1,92 metros e pesa 115 quilos. Já o atleta italiano, Martín Castrogiovanni, mede 1,88 metros e pesa 120 quilos. Agora imaginem em que estado ficou a dita discoteca depois do confronto entre estes dois senhores. Acrescente-se ainda que Chabal estava embriagado e a discoteca só não desapareceu do mapa porque outros jogadores das Selecções de Itália e França estavam no local e ajudaram a acalmar as coisas.

Já agora, refiro ainda que a mulher em questão se chama Giulia Candiago e é esquiadora. Deixo-vos apenas com as fotografias dos protagonistas para terem a ideia da dimensão deste acontecimento.

Sebastian Chabal

Martín Castrogiovanni


Giulia Candiago (de branco)

sexta-feira, março 20, 2009

Todos Gostam do Raymond

Um destes dias disseram-me: "tu és como aquele da série Todos Gostam do Raymond. Toda a gente gosta de ti". Ao que eu respondi: "oh, não inventes. Há pessoas que não gostam de mim". "Diz-me então quem é que não gosta?", retorquiu a minha interlocutora. Calei-me, pensei no assunto durante alguns instantes, dei uma volta na cama e adormeci.


É impossível alguém agradar a toda a gente e todas as pessoas, sem excepção, gostarem de alguém. Tento não ser má pessoa e procuro sempre ajudar em qualquer circunstância. Mas ninguém consegue estar constantemente feliz e sorridente, espalhando bom humor por toda a gente. Há dias em que consigo ser realmente detestável.

Quanto à série, que acompanho sempre que posso na Sony, é realmente algo de especial. E curiosamente, o Raymond é jornalista desportivo. Se calhar foi por isso que a minha interlocutora encontrou algumas semelhanças.

quinta-feira, março 19, 2009

O melhor lugar

Ontem fui ao Famafest. Ora, a entrada é gratuita e as pessoas têm acesso ao cinema e a filmes de qualidade sem pagarem um único tostão.


O que acontece é que as pessoas que vão ao cinema estão constantemente a trocar de lugar, porque o que escolheram tem sempre algum problema, ou então guardam lugares para pessoas que chegam mais tarde. A conclusão é simples, o português gosta de aproveitar ao máximo tudo o que é de borla.

Já agora, fica o elogio para este festival de cinema famalicense. Nos tempos que correm, e tendo em conta os preços dos bilhetes para o cinema, esta iniciativa é muito positiva para os amantes da 7ª arte.

quarta-feira, março 18, 2009

Música

Gosto e pronto. Está tudo dito. Ouçam e depois digam se partilham da mesma opinião...



Kings of Leon - Use Somebody

terça-feira, março 17, 2009

Palavra que gosto

LANGONHA


Esta palavra é muito boa. Eu e o Jorge estamos até a pensar criar uma associação em Famalicão. E como a língua portuguesa é fantástica, temos aqui uma palavra com múltiplos significados.

sábado, março 14, 2009

Destino

Vocês acreditam no destino? Que independentemente daquilo que fazemos, a nossa vida está pré-determinada? Ou seja, como vamos morrer, quem vamos conhecer, por quem nos vamos apaixonar ou aquilo que será esta nossa passagem terrena.

Não quero acreditar totalmente no destino. Nós traçamos o nosso próprio destino. Com as nossas opções, correctas ou não, pelos caminhos que seguimos em determinada fase da vida. Um pequeno pormenor muda tudo. E longe de sermos pré-formatados para alguma coisa. Somos seres complexos e densos enquanto humanos. Todos diferentes, mas todos com as suas dúvidas existenciais, os seus problemas, traumas e emoções à flor da pele. O objectivo é encontrar a felicidade.

A vida, com ou sem destino, é um conjunto de acasos, de caminhos cruzados, de espaços visitados, de experiências partilhadas.

sexta-feira, março 13, 2009

Sexta-feira 13

Dizem que hoje não se pode escrever nos computadores "sexta-feira 13". Arrisco, sem acreditar em superstições. O que há de tão especial numa sexta-feira, curiosamente um dos meus dias da semana preferidos, e no facto de, por coincidência, o calendário marcar o dia 13 do mês. Aparentemente nada.


Mas há pessoas que acreditam nestas coisas. Faz-me lembrar aquele história das bruxas. Ninguém acredita que elas existem. Mas que as há, lá isso é verdade. Recuso superstições, mas sempre com cautelas.

quarta-feira, março 11, 2009

Cabeça, tronco e...

Ontem, no programa Liga dos Últimos, uma senhora falava sobre o seu clube. Dizia que gostava muito daquela equipa porque tinha "cabeça, tronco e...ombros".

E pensei, realmente quem é que precisa de membros quanto tem uns bons ombros. Mas podia ser pior, tipo: cabeça, tronco e dedos dos pés. Também era engraçado.

terça-feira, março 10, 2009

O amor é...

Aquilo que peço aos leitores deste blogue é que me surpreendam com as vossas respostas. Completem a frase iniciada no título deste post para ver o que poderá significar o amor para cada um.

Tudo isto por causa de um acontecimento desta noite no concelho de Famalicão em que entra uma grua, um rapaz de 18 anos e uma paixão não correspondida.

segunda-feira, março 09, 2009

Fácil ou difícil?

Viver é fácil ou difícil? Por vezes parece demasiado difícil, mas na verdade nós é que complicamos tudo. Basta uma boa dose de imaginação, duas ou três asneiras seguidas e tudo o resto é mais fácil. Tudo é bastante mais simples do que aquilo que pensamos.

E de que vale a pena complicar se daqui a nada tudo pode acabar. Certo? O passado pouco importa, o presente é feito do momento e o futuro entregamos nas mãos do destino. Para quê complicar? Pouco importa.

Fiquem com uma das minhas músicas preferidas de uma banda especial.

domingo, março 08, 2009

Vacas

Vi na televisão que nos Açores existem, em média, duas vacas por cada habitante. Isto foi referido num anúncio publicitário ao queijo Terra Nostra.

Mas pensando bem, aqui no Continente as coisas não são muito diferentes quando pensamos nas vacas existentes por habitante.

sexta-feira, março 06, 2009

Porquê?

Por que é que as pessoas só fazem a limpeza às casas às sextas-feiras? Será porque nós só as sujamos às quintas-feiras? É que se repararem bem as mulheres gostam de limpar às sextas ou aos sábados. Ou seja, limpar o pó, aspirar (geralmente tarefas que cabem aos homens) são tarefas que só são feitas nesses dois dias.

E podem dizer que gostam mais de limpar ao final de semana, mas teoricamente é também nesses dias que mais nos apetece descansar. Porque não fazer a limpeza às terças-feiras? Ou às quartas, por exemplo? Só para que fique registado, sou contra as limpezas de casas às sextas e sábados!

quarta-feira, março 04, 2009

Slumdog Millionaire

No último fim-de-semana vi o Slumdog Millionaire (Quem quer ser bilionário, em português) e de facto mereceu todos os Óscares que ganhou. Gostei bastante do filme, descobri a Índia e acho que até gostava de conhecer o país, apesar de parecer existir muita miséria.

Outra coisa que recomendo é a banda sonora. Ficam aqui dois excelentes exemplos.



M.I.A. - Paper Planes



O...Saya - AR Rahman & M.I.A

terça-feira, março 03, 2009

Pensamento II

Lobo que é lobo jamais será cordeiro. Nem que seja só na pele...

domingo, março 01, 2009

Pensamento

Quando uma anónima experimenta diversos companheiros e é vista com muitas companhias masculinas diferentes, as pessoas têm tendência a atribuírem-lhe determinados nomes, todos eles sinónimos.

Mas quando se tratam de pessoas famosas da sociedade portuguesa e estrangeira o mesmo não acontece. Esse tipo de nomes nunca é aplicado. Porquê?