terça-feira, março 10, 2009

O amor é...

Aquilo que peço aos leitores deste blogue é que me surpreendam com as vossas respostas. Completem a frase iniciada no título deste post para ver o que poderá significar o amor para cada um.

Tudo isto por causa de um acontecimento desta noite no concelho de Famalicão em que entra uma grua, um rapaz de 18 anos e uma paixão não correspondida.

8 comentários:

Flávia disse...

o amor é uma porta encostada - ou se abre e se arrisca avançar no escuro, ou não se arrisca (com medo do escuro) perdendo-se uma oportunidade de...

o amor, em outra dimensão, tb é infinito, generoso e doloroso. é intolerante com a perda.

mas duvido que ninguém antes o tenha descrito desta forma.

Jorge Rita disse...

(é tarde e não há luminosidade mas venho ca depois definir)
Agora o que o Amor não é, de certeza, é montares em cima de uma grua a 20 metros de altura a dizeres que te atiras e depois desces na auto escada dos bombeiros! Isso é parvalhice que se explica pelos dezoito anitos do morcão.

Pedro Reis Sá disse...

O amor é crescimento. O amor é algo inesplicável que por sua vez se explica por dentro. O amor pode ser subir à grua mas não numa dose estúpida como ontem!
O amor é tudo o que queremos. É a tal, são os tais... é a vida

Santo disse...

O amor é fodido!!!

Isandes disse...

o amor é como uma grande comichão: quando se começa a coçar, já não se consegue parar...

Bruno Marques disse...

Bela definição, Isandes. :D

Gi disse...

tudo o que aqui li. Eh tb uma forma de vida. Um estado de espirito, por vezes.
Eh o 8 e o 80!(...)

observador disse...

a amor é carro sem travões que atropela os corações !!
:D