sábado, fevereiro 28, 2009

Erros e amigos

«Não faz mal errar. O que fazemos mal é não viver e não agradecer aos amigos por estarem connosco. Obrigado por estarem aí!»

quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Soneca

Hoje fui à Estação dos Correios. Cheguei e tirei a senha. Número 276. Olho para a televisão à minha frente e o atendimento ainda estava na senha número 256. Pensei, bem, já que estou aqui, vou esperar e pode ser que isto até passe rápido.


Pelo sim, pelo não resolvi sentar-me e esperar. Ao meu lado estava um senhor, muito moreno e anafado, barriguinha de trigémeos (que se escreve sem hífen, segundo a Sofia), a dormir o mais belo dos sonos. Respiração acelerada, para não dizer a ressonar, e num sono tão profundo como se estivesse a meio da noite e não tivesse de acordar cedo para ir trabalhar no dia seguinte. Na mão esquerda segurava um bilhete de identidade e um vale.

Pensei, talvez tenha cá vindo só dar uma volta e acabou por achar o banquinho confortável. Ou isso ou então tem a senha número 550 e resolveu descansar um pouco até chegar a vez dele. Ainda assim, pode ser que acabe por perder a vez. Tal como previa, o atendimento foi seguindo a um rimo rápido porque os números passavam e as pessoas não se levantavam com a respectiva senha. Provavelmente outros estariam a dormir, mas com os olhos abertos. Melhor.

Passados uns minutinhos, o meu companheiro de espera deu um salto no banco. Acordou, olhou para a televisão e disse: "Ui!?!?!". Levantou-se rapidamente, fresquinho como uma alface depois da bela soneca, e lá foi ele tentar a sua sorte, explicando ao funcionário dos CTT que nem tinha reparado que a vez dele tinha passado. Pudera...estava a dormir!

Conclusão: quando forem a uma Estação dos Correios tirem várias senhas porque os bancos de espera são muito confortáveis e fazem adormecer...

quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Amigos

Não há nada melhor do que ter amigos. Mais interessante ainda é repararmos que existem amigos de diversas fases da vida. De quando somos mais jovens e até chegarmos à vida adulta. E ainda mais bonito é os amigos de diferentes fase da vida conhecerem-se e darem-se todos optimamente.

Não há nada muito melhor do que isto...

segunda-feira, fevereiro 23, 2009

Provérbio

«Manda quem pode, obedece quem deve»


Nada mais acertado meus caros. Também pode acontecer de mandar quem não pode e só obedecer quem não deve.

domingo, fevereiro 22, 2009

Técnicos de informática

Os técnicos de informática são seres verdadeiramente à parte. Eu diria que vivem de uma forma completamente diferente do comum dos humanos. Para além daquele célebre conselho que dão sempre que estamos com algum problema, "encerre o computador e volte a ligar", acho que têm uma forma de encarar a vida que merece um daqueles estudos aprofundados.

Normalmente a comunicação com um técnico de informática é sempre interessante de seguir porque existem invariavelmente sérios problemas de compreensão. O bom da situação é que nunca sabemos se é o técnico que está a usar uns termos muito à frente, que ninguém compreende, ou se é a pessoa que não sabe explicar o problema que quer ver resolvido no seu computador. Um bom exemplo é este que se segue.

sábado, fevereiro 21, 2009

As horas

Normalmente quando se diz que um espectáculo começa às 22 horas é sinal que começa a ser representado a essa hora, não é? Isso quer dizer que as pessoas devem chegar um pouco antes para ocuparem os seus lugares e estarem prontas para ver o espectáculo quando ele começa. Então, por que é que há pessoas que insistem em chegar depois da hora marcada e passar à frente dos que chegaram a tempo enquanto procuram o seu lugar?


A todos os que chegam atrasados onde quer que seja, recomendo: comprem um relógio!

sexta-feira, fevereiro 20, 2009

Imagens

Uma pergunta: a televisão serve normalmente para mostrar as imagens daquilo que se está a passar em algum sítio, certo? Por exemplo, num jogo de futebol, normalmente a televisão mostra os jogadores a jogar à bola, não é?

Pronto, afinal são três perguntas: na televisão conseguimos ver os golos, ou não?

Então por que é que há um canal televisivo que mostra sempre duas pessoas a fazerem relatos de jogos de futebol?

Peço desculpa. Afinal, foram cinco perguntas.

quarta-feira, fevereiro 18, 2009

Suspiros

Respiro.
Olhas-me nos olhos,
Soltas um leve sorriso
E suspiras como se os segundos parassem no relógio.
Viajamos nas memórias dos tempos passados,
Sem planos do futuro distante.
Onde é a próxima paragem?
Suspiro.
E o mundo gira devagar...

terça-feira, fevereiro 17, 2009

Manias

Todas as pessoas têm as suas manias. Às vezes são aquelas pequenas coisas que irritam os que nos rodeiam, mas que sem as quais não nos sentimos bem. Também pode ser a mania que sabemos tudo ou a mania das doenças. Não sei se é bom ou mau termos algumas manias e a origem da própria palavra pode indiciar alguma coisa. Mania tem origem numa palavra grega cujo significado é loucura. Como todos temos manias, deve ser por isso que é normal dizermos que de louco todos temos um pouco.

Por exemplo, eu tenho a mania de ler na casa-de-banho. Ou a mania de estar constantemente a mexer no cabelo e a de conduzir apenas com uma mão. A mania de ter tudo arrumado e organizado, de guardar todos os papelinhos na carteira depois de ir ao multibanco, de ficar a olhar para a televisão sempre que estão a dar programas de qualidade duvidosa, de querer programar tudo ao pormenor. Afinal, tenho manias para todos os gostos e feitios. Já agora, quais são as vossas manias?

domingo, fevereiro 15, 2009

Frase

«Mesmo que tenhas dez mil plantações, só podes comer uma tigela de arroz por dia; ainda que a tua casa tenha mil quartos, nem de dois metros quadrados precisas para passar a noite»

provérbio chinês

sexta-feira, fevereiro 13, 2009

Crise

Todos os governantes falam em crise e dizem que tão cedo a situação económica do país não melhora. Pedem esforços às pessoas e preparação para os tempos dificeis que se aproximam. Dizem que temos todos de suportar esta crise. Concordo.

Mas gostava mais de ouvir os responsáveis do Governo a sacrificarem todos uma parte dos respectivos ordenados para ajudar os mais necessitados. E privarem-se ainda de alguns luxos que só eles têm. Podiam ainda acabar, ou diminuir, as múltiplas reformas vitalícias de alguns ex-governantes. Aliás, nem deveria ser permitido que uma mesma pessoa acumulasse várias reformas referentes a diferentes cargos que ocupou. É por estas e por outras que este país não avança nem nunca avançará.

E depois ainda vêm falar de crise...

quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Pensamento

Vocês acham que as pessoas sabem que é preciso pagar todas as coisas que estão no carrinho de compras quando chegam à caixa de um supermercado?


Então, por que é que só depois de tudo estar dentro dos sacos é que começam a procurar a carteira naquelas bolsas enormes onde reina uma confusão sem fim? E por que é que depois só tiram uma nota de cinco euros quando o valor total das compras é de mais de sete euros? E os trocos, estão sempre no último bolso onde a pessoa resolve enfiar a mão para procurar?

E quando resolvem sair da fila para ir buscar qualquer coisa que ficou esquecida. Bem, isso fica para outro pensamento...

terça-feira, fevereiro 10, 2009

O meu nome...em japonês!

TUSHIDOTOMO


Respondendo ao desafio da Flávia, aqui fica o meu nome em japonês. Até ficou bem interessante. Será que isto corresponde mesmo à realidade?

segunda-feira, fevereiro 09, 2009

Saudades

Tenho saudades. Das correrias pelo barco para chegarmos a tempo das refeições. De subir e descer as escadas vezes sem conta. Dos passeios em alto mar e do vento que às vezes era insuportável. Das conversas até tarde e da água que sabia mal mas caía bem. Da troca de informações inter-cultural, das expressões tão típicas como "granfininho" e das gargalhadas sonoras. Das quedas na pista de gelo, das sessões de teatro e do tempo infinito passado no jacuzzi.


Tenho saudades...

domingo, fevereiro 08, 2009

Dia perfeito

Às vezes é difícil imaginar dias perfeitos. E afinal esses dias variam de pessoa para pessoa. Conforme o tempo vai passando é mais difícil existirem dias perfeitos. Mas a grande pergunta é: existem dias perfeitos?



Duran Duran - Perfect Day

sexta-feira, fevereiro 06, 2009

Descanso

Hoje estou de folga. E fiz muito pouca coisa. Por vezes é preciso termos dias para reflectir e descansar a cabeça. Ainda para mais quando a pressão aumenta diariamente, com a palavra crise a entrar sempre pelas nossas casas dentro. Por isso, o melhor mesmo é aproveitar dias como o de hoje para não fazer mesmo nada...

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Piadolas

Enviaram-me um e-mail com ditados populares da era digital. Os que mais gostei foram:

«Não adianta chorar sobre arquivo apagado»

«Na informática nada se perde, nada se cria. Tudo se copia...e depois se cola»

Também tinha uma piadola...

«Uma impressora disse para a outra: essa folha é sua ou é impressão minha»

terça-feira, fevereiro 03, 2009

Desafio da página 165

Respondendo ao desafio do blogue Fuga da Realidade, da Mystic, aqui fica a frase que começa na linha 5 da página 165 do livro que estou a ler:

«Perguntar-me-ão: oh Bruno, então e com as unhas assim como é que vais conseguir tirar as películas dos autocolantes para colar no vidro de trás do carro?»

É curioso o exercício porque consegue ter o meu nome na referida linha. Já agora, o livro que estou a ler é o "Tubo de Ensaio", um worst-of dos textos do programa da TSF, do Bruno Nogueira e do João Quadros. Fica também o convite para que façam o mesmo nos vossos blogues.

segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Incondicional

Normalmente para conseguirmos alguma coisa na vida, temos de a conquistar. Pode dar mais ou menos trabalho, mas obriga sempre a algum esforço, alguma luta, algum sofrimento. No entanto, há um tipo de amor que é pré-adquirido e jamais se perde. Pode chamar-se de amor incondicional, ou seja, sem qualquer condição para que possa ser mais ou menos forte ou simplesmente extinguir-se. Que continua a existir independentemente de nos portarmos bem ou mal e que nem sequer diminui de intensidade.

Um exemplo deste tipo de amor é aquele que existe entre pais e filhos. Existirá sempre uma ligação e um carinho, um respeito interminável. Por muitas voltas que a vida dê, por muitos caminhos errados que vamos trilhando. Acredito que este tipo de amor também se possa construir com pessoas de diferentes afinidades. E que também pode ser interminável. Porque é incondicional...

domingo, fevereiro 01, 2009

Entrevista com Anderson

Acho que esta entrevista está, como hei-de dizer, fantástica. Faltam-me as palavras. Não sei se já conhecem, mas vale sempre a pena ver mais uma vez. Com atenção. É uma entrevista de Anderson, jogador brasileiro do Manchester United e que já passou pelo FC Porto.