domingo, junho 29, 2008

Pergunta

Se tivesse de escolher entre uma alma gémea e nenhum outro amigo, ou muitos amigos e nenhuma alma gémea, o que escolheria?


In O Livro das Perguntas

sábado, junho 28, 2008

Mosquitos e melgas

O Verão é muito bonito. Bom tempo, esplanadas, miúdas com pouca roupa...etc...etc...
Pessoalmente não desgosto do Verão embora o calor em demasia dê comigo em doido. Se puder estar estendido todo o dia num local fresco, tanto melhor.

Depois há que contar com outras coisas que detesto no Verão. Por exemplo, melgas e mosquitos. São chatos e segundo algumas teorias ouvem aquilo que nós dizemos e até têm alguma inteligência. Como um mal nunca vem só, agora a Redacção foi invadida por estes fantásticos insectos e parecemos tolinhos, com as mãos no ar, a espantar os bichos. Conseguem ser muito irritantes, fazendo perder verdadeiramente a paciência.

Por isso, há dias em que detesto o Verão!

sexta-feira, junho 27, 2008

Voltar

Às vezes seria bom voltar atrás no tempo. Pelo menos para reviver alguns bons momentos. Fica apenas a música.



Rodrigo Leão - Voltar

quinta-feira, junho 26, 2008

Conquistar espaços

Quando ouço dizer que as mulheres dominam o mundo, sorrio com ar incrédulo, tentando imaginar como seria esse mundo. Se calhar já vivo nele e ainda nem dei conta. Certo certo é que as mulheres já conquistaram alguns espaços que eram maioritariamente ocupados por homens.

E quando fala de espaços, refiro-me por exemplo a uma casa. A minha, se calhar a vossa e a de muitas outras pessoas. Cá em casa, a sala era dos homens. Sentar no sofá, ver televisão de forma bem confortável, esticar um pouco as pernas, se fosse necessário, enquanto às mulheres cabia a cozinha que até já tem uma televisão.

Ora, o que se passa neste momento é que a minha mãe tomou conta da sala, desde que começaram as "injecções" de telenovelas da TVI. E por isso a minha única hipótese, com este calor, é estar sentado na mesa da cozinha, perto da porta, a ver televisão e a navegar na internet. Já estou a ficar com dores nas costas porque não tenho onde me encostar. Definitivamente, a única mulher cá da casa passou-nos a perna. A isto é que eu chamo emancipação da mulher...

segunda-feira, junho 23, 2008

O cão gigante

Parece que anda uma fera à solta perto da Maia. Vi no noticiário e fiquei curioso com o que disse um dos responsáveis pela Protecção Civil.

O referido animal, do qual pouco se conhece, está a destruir algumas estruturas e até vi algumas árvores com marcas de garras na televisão. Mas segundo disse o senhor da Protecção Civil aquilo "pode ser qualquer coisa", até mesmo, imagine-se, "um cão gigante"! Fiquei estupefacto! Pensei que os cães gigantes só apareciam naquilo, ai como é que se chama... desenhos animados... é isso...

A julgar por aquilo que vi nas árvores acho que deve ser mais um cão, mas com unhas gigantes...

domingo, junho 22, 2008

Irritações

Há coisas que me irritam. Muitas mesmo. Por exemplo, filas que nunca mais andam e empregados que demoram uma eternidade para mexer as pernas. E pessoas que fazem questão de nos gritarem ao ouvido. Principalmente porque perdem simplesmente o controlo com coisas tão banais como beber um copo de água.

Irrita-me não poder andar de carro com os vidros completamente abertos, nestes dias de grande calor, porque há alguém dentro do carro que não pode estragar o seu penteado. É realmente mais importante do que morrer de calor...

E agora já estou a ficar irritado com a minha falta de irritações para escrever. O que me vale, e me deixa mais contente, é que eu posso andar irritado com muitas situações mas também consigo ser irritante. Certamente que muita gente se irrita comigo. Amor com amor se paga...

sábado, junho 21, 2008

Entre o sono e o sonho

Entre mim e o que em mim
É o quem eu me suponho
Corre um rio sem fim.

Passou por outras margens,
Diversas mais além,
Naquelas várias viagens
Que todo o rio tem.

Chegou onde hoje habito
A casa que hoje sou.
Passa, se eu me medito;
Se desperto, passou.

E quem me sinto e morre
No que me liga a mim
Dorme onde o rio corre -
Esse rio sem fim.

Fernando Pessoa

quinta-feira, junho 19, 2008

Pensamento do dia

Escrevi isto num comentário a um post num blogue que costumo visitar. Achei que ficaria giro com pensamento do dia:

"Pensando bem, nós, seres humanos, somos esquisitos. Estranhos, únicos e insatisfeitos. No entanto, os momentos felizes em que sorrimos cheios de vontade ainda vão chegando para compensar todas as dúvidas, incertezas e pequenas derrotas diárias. Somos o que somos, desde que fiéis às nossas convicções..."

Por tentativas

Porque há pessoas que tentam e não conseguem. Tentem outra vez...



Keane - Try Again

quarta-feira, junho 18, 2008

Verdades

O episódio desta noite da série "Chuck" tratava uma questão de espionagem, como sempre, e hoje referia-se a um soro da verdade e um antídoto. Ora, o soro servia para as pessoas só conseguirem dizer as verdades, mas ao mesmo tempo era um veneno mortal. Daí existir também a questão do antídoto. Típico.

Bem, ao ver o episódio fiquei com a vontade que existisse um soro da verdade mas sem causar a morte das pessoas. Cheira-me que há muita gente por aí que anda a mentir com quantos dentes tem e o soro serviria para que só dissessem a verdade. Não era bom?

Sei que há verdades que magoam mas as feridas acabam sempre por sarar. E deixariam de haver pessoas mentirosas...

terça-feira, junho 17, 2008

Pergunta

Aceitaria 1.000.000 euros para deixar o país e nunca mais voltar?


In O Livro das Perguntas


Esta pergunta é particularmente engraçada para todos os portugueses. Sabendo-se que tudo na vida tem o seu preço e que o dinheiro faz sempre jeito...:)

sexta-feira, junho 13, 2008

Musiquinha

Juro que não é perseguição por causa da Galp...



Bob Dylan - Paths of Victory

quarta-feira, junho 11, 2008

Ironia

Não deixa de ser irónico, depois de todos aqueles boicotes promovidos às bombas de gasolina, ver agora filas intermináveis de pessoas a abastecerem as suas viaturas. Parece que agora não importa se é Galp, Repsol ou BP. Se calhar até aqueles que eram defensores acérrimos dos boicotes são agora os primeiros a recorrerem aos postos de combustível onde o gasóleo e a gasolina são mais caros. Este país é de doidos.

Já agora, sugiro que criem um outro blogue, para além daquele que mostra os preços de combustível mais barato em diversos pontos do país, em que coloquem os postos de combustível que ainda têm gasóleo e gasolina para vender...

Pergunta

- Qual dos sexos acha que tem a vida mais simplificada na sua cultura? Alguma vez desejou ser do sexo oposto?


In "O Livro das Perguntas"


Basicamente pretendo lançar a confusão neste blogue. E digo que nunca desejei ser do sexo oposto...

domingo, junho 08, 2008

Importância

Há certas pessoas que depois de atingirem um determinado patamar na vida deixam de atender os telemóveis. E é curioso ver que as ditas pessoas de negócios, que têm dois ou três telemóveis, são depois aquelas que antes de atender o telemóvel olham para o visor, vêem o número e dizem: "oh, este agora não me apetece atender...".

Por isso digo que gostava de em determinada fase da minha vida só atender aqueles telefonemas que realmente me interessem. Gostava de poder dar-me a esse luxo. Ser importante! É claro que existirão sempre muitas pessoas, como amigos e família, para as quais estarei permanentemente do outro lado.

Não deixa de ser engraçada a ideia de termos telemóveis para estarmos sempre contactáveis e depois pura e simplesmente não falarmos com alguém só porque não nos está a apetecer muito...

quinta-feira, junho 05, 2008

Blogues

segunda-feira, junho 02, 2008

Até ao fim do mundo

«Procuro homem com cerca de 50 anos, livre, honesto, sensível, tolerante, aberto, inteligente, romântico, que ainda acredite no amor e que tenha esperanças de refazer a sua vida sentimental. Terá de ser uma pessoa que se deixe sensibilizar de alguma forma por aquilo que eu penso caracterizar a minha pessoa: sinceridade, honestidade, (...)
Gosto muito de andar a pé, faço natação e canto num coro. E escrevo quase todos os dias, tenho essa necessidade. Considero-me uma pessoa humana. (...) Para terminar, sou divorciada, tenho uma filha e moro em Lisboa, na zona do Campo Grande».

Um anúncio que vi por aí

Nesta altura do campeonato, se tivesse que fazer um anúncio para mim seria assim:

Rapaz comprometido, simpático e pacato procura pessoas que chateiem pouca a cabeça para conviver...

domingo, junho 01, 2008

A piada

A Sic Radical está a transmitir em directo concertos do Rock In Rio. Este fim-de-semana, enquanto assistia ao programa especial em directo, ouvi uma das piadas mais estúpidas dos últimos tempos.

No lançamento do concerto de Alanis Morissette, que é canadiana, um dos apresentadores de serviço disse o seguinte: "só espero que a Alanis Morissette não queira ir para polícia porque no Canadá a polícia é montada"...

Como reagir a isto?