segunda-feira, maio 31, 2010

Portugal

Porque será que nunca copiamos o que há de bom nos outros países? Por teimosia ou pura burrice?

domingo, maio 30, 2010

Dos sentimentos

Nas pontinhas dos dedos tenho letras. Na cabeça as palavras. O resto é sentimento e interpretação.

sábado, maio 29, 2010

Gaffe

Acontece nos directos...

sexta-feira, maio 28, 2010

Música

Interessante, peculiar e o que mais quiserem...

quarta-feira, maio 26, 2010

Caminhos cruzados

As viagens são férteis em promover encontros entre pessoas nos diferentes caminhos traçados. Primeiro porque temos a oportunidade de conhecer melhor os companheiros de viagem, ainda que já façam parte da rotina diária. Depois porque permite as mais diversas e inesperadas revelações. E os convívios menos esperados.

Hoje, por exemplo, no voo de regresso ao Porto, descobri uma senhor alemão, de 70 anos, verdadeiramente apaixonado por Portugal. Aliás, disse diversas vezes que gostava mais e conhecia melhor o nosso país do que a Alemanha. Um apaixonado pela natureza que visita todos os anos Portugal, desde há mais de 20 anos, durante duas semanas. Revelou gostar de fado, da nossa comida e clima e de todas as riquezas naturais portuguesas. Outra revelação surpreendente foi quando mostrou a letra da canção "Grândola Vila Morena", escrita num papel guardado religiosamente dentro da carteira.

Apesar de ter sido a primeira vez que vi um alemão arranhar diversas palavras em português, esta conversa, entre portugueses e um alemão, foi feita em inglês. Outra curiosidade...

segunda-feira, maio 24, 2010

Suécia

Viajar é de certeza uma das formas mais interessantes de enriquecimento pessoal. Em vivências, histórias, conhecimento de diferentes hábitos, tradições, formas de viver, modos de perceber o mundo.


Estou numa pequena cidade da Suécia chamada Nykoping. Em trabalho. E é engraçado ver como as coisas podem ser diferentes de lugar para lugar. Primeiro, aqui na Suécia tudo é mais simples e sem grandes luxos. Os suecos não são de grandes floreados. São pragmáticos. Depois, são muito ligados à inovação e ao conhecimento, estando sempre na vanguarda da tecnologia e querendo sempre inovar e ir mais além.

Mas é claro que têm os seus problemas. Por exemplo, o alcoolismo. Vocês sabiam que o Estado sueco não permite a venda de bebidas com elevado teor de álcool em qualquer bar ou café? Para além disso, em alguns sítios, só vendem bebidas alcoólicas se a pessoa comprar também algo para comer. É uma imposição do Estado. Um sueco com quem estamos a reunir disse que as pessoas daqui estão sempre mais preocupadas com o teor de álcool de qualquer bebida do que em saber a quantidade ou mesmo qual a bebida. Só para terem a dimensão do problema.

Esse mesmo senhor sueco, que já trabalhou nas Nações Unidas e viajou pelos quatro cantos do mundo, farta-se de contar as suas histórias, como aquela em que foi trabalhar com 45 graus negativos e a bicicleta congelou ou outra em que percorria cerca de sete quilómetros em skis para comer um cachorro quente. Já com alguma idade, agora diz que não é capaz. E termina a história com um simples: "Life is funny". E é...

Na foto: Nykoping

domingo, maio 23, 2010

Viagem

O meu dia de hoje foi mais ou menos assim: de manhã viagem do Porto para Frankfurt e de tarde de Frankfurt para Estocolmo. Algum tempo de espera e depois viagem de comboio até Nykoping, uma cidade na Suécia. À nossa espera uma cidade praticamente deserta, porque os suecos ao domingo não saem de casa, e também uma massa vegetariana.

Viajar cansa. E não estou a fazer pirraça...:)

sexta-feira, maio 21, 2010

Por e-mail

Hoje li um e-mail no mínimo curioso. Um pouco levado ao exagero, é certo, mas ainda assim é engraçado para reflectir.

Depois de uma piada no início, numa simulação de uma conversa entre um médico e o seu paciente, o e-mail termina com a seguinte mensagem:

«A vida não deve ser uma viagem para o túmulo, com a intenção de lá chegar são e salvo, com um corpo atraente e bem preservado. Melhor é cometer alguns excessos, cerveja numa mão, comida na outra, muito sexo e um corpo completamente gasto, totalmente usado. Para no final podermos gritar: VALEU!!! QUE VIAGEM ESTA!!!».

A terminar, isto: «P.S.: Se caminhar fosse saudável, o carteiro seria imortal. A baleia nada o dia inteiro, só come peixe, só bebe água e é gorda! O coelho corre, salta e vive 15 anos. A tartaruga não corre, não faz nada uma vida inteira e vive 450 anos».

quinta-feira, maio 20, 2010

Engolir moscas

Coisas que acontecem nos directos...

quarta-feira, maio 19, 2010

Song

Sem artíficos ou outros meios, a música hoje segue por aqui... Ok?

terça-feira, maio 18, 2010

Capa

A capa de hoje do Jornal de Notícias está particularmente interessante. A fotografia está óptima, mas chamo a atenção para a junção da mesma com o título da manchete principal da edição. Apesar de serem assuntos diferentes fica engraçado associá-los.

segunda-feira, maio 17, 2010

O nariz e os lenços de papel

No supermercado um senhor da família do Júlio Isidro escolhia demoradamente, entre algumas prateleiras repletas de maços de lenços de papel, quais os lenços mais adequados para o seu nariz. Achei curiosa a demora na escolha de algo tão simples.

Depois pensei melhor e compreendi o cuidado na escolha. Afinal os ditos lenços vão estar em contacto com uma grande parte do corpo do referido senhor. É conveniente serem macios e perfumados...

domingo, maio 16, 2010

Lado B

Achei genial este sketch (mais um) do grande (alto) Bruno Nogueira...

sexta-feira, maio 14, 2010

De passagem

Somos os caminhos que trilhamos. Os passos que damos rumo ao desconhecido e tudo o que o olhar é capaz de alcançar. Ocupamos os espaços, conhecemos mundos diferentes do nosso, vivemos lá sem fazermos deles parte. Respiramos e entramos na vida das pessoas, a porta aberta para quem sabe um dia voltarmos. Deixamos o mundo dos outros apaixonar-nos. Naquela breve passagem.

Afinal estamos só de passagem. Os lugares por onde caminhamos são parte da nossa história. Enriquecemos a ver os mundos passar. Com as marcas tatuadas no corpo, a alma toldada pelo mar de sensações e o sorriso estampado no rosto. Sobrevivemos às memórias?

De passagem, talvez...

quinta-feira, maio 13, 2010

Sobrevivente

Um avião com 104 pessoas a bordo despenhou-se ontem no Aeroporto de Tripoli, na Líbia, e morreram 103 pessoas. O único sobrevivente do acidente aéreo foi uma criança holandesa de oito anos.


Este jovem só pode sentir-se especial. E esta situação faz-me lembrar um filme que vi em que a história era precisamente em torno de uma pessoa que também tinha sido a única sobrevivente de um acidente. Como será a vida deste jovem depois deste acontecimento? Um caso insólito e que faz pensar sem encontrarmos respostas.

Aqui fica a notícia completa sobre este sobrevivente.

quarta-feira, maio 12, 2010

Paris

Em imagens...



segunda-feira, maio 10, 2010

Som

Um som que me lembro ao percorrer as ruas do local onde estou...

domingo, maio 09, 2010

Regresso

Em breve, se a nuvem deixar...:)

quinta-feira, maio 06, 2010

Verdade

Ontem li atentamente a entrevista do seleccionador nacional Carlos Queiroz ao jornal A Bola e gostei particularmente de uma passagem.

Diz assim: "o único sítio onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário".

terça-feira, maio 04, 2010

Música

Obrigado Jorge por constantemente alargares os meus horizontes. Musicais também...

segunda-feira, maio 03, 2010

A parte e o todo

A frase é sempre verdadeira e extremamente importante. Mas nos últimos dias faz mais sentido. Na minha opinião, claro.

«Nunca julgues a parte pelo todo»

O mais comum é as pessoas meterem tudo no mesmo saco e cometerem graves injustiças.

domingo, maio 02, 2010

Queda

Nunca andei de saltos altos, mas como é que se consegue cair desta forma?

sábado, maio 01, 2010

Frase

«Não gozem comigo porque de gozo fui eu feito»