sexta-feira, março 09, 2012

Telefonema

Ontem o meu telefone tocou. Número desconhecido apesar dos números surgirem no visor. Atendo. Do outro lado uma voz masculina que articula uma quantidade enorme de palavras, quase sem respirar. Percebo que quer responder a um anúncio publicado num jornal. De resto, népias. Nada de nada.

Peço para repetir e então começo a perceber. Alguém quer saber mais sobre um anúncio de carácter sexual e o que é que fazemos. Já percebi tudo. Tento abafar a gargalhada interior e digo que é engano no número. Puro engano. Talvez a ânsia do desejo na hora de carregar nos números do telemóvel.

Sem comentários: