segunda-feira, março 12, 2012

Saudades

(...)

Seríamos felizes distantes e sós
com a mesma noite que nos separa
noite que a todos separa
Noites que se esquecem umas das outras
para serem iguais
Felizes por gestos de dor em nós
dores que os outros vencem dormindo.

Fernando Lemos

Sem comentários: