segunda-feira, março 13, 2006

Uma história - parte IV

Sou feliz! Posso afirmá-lo com toda a convicção. Pena é que nem todos possam dizer o mesmo. É difícil compreender o que se passa à nossa volta, conseguir encontrar razões que expliquem os nossos desgostos e desilusões. É complicado vermos morrer os sonhos mais bonitos que temos.

Com as palavras que escrevo tento contar a minha história de Amor. Provavelmente, para quem me lê, não tem qualquer significado ou explicação lógica, mas existia em mim a necessidade de a passar para o papel, transformá-la em algo palpável. Partilhá-la com alguém.

Decerto até a história está apenas nas entrelinhas daquilo que escrevo, ou mesmo no imaginário de quem lê. A verdade é que o meu intuito é precisamente pôr o leitor a pensar, a imaginar o que quero dizer nas parcas ideias que tento transmitir.

Sem comentários: