terça-feira, janeiro 10, 2006

Desportistas e o Viagra

“Estudos detectaram resíduos de ‘Viagra’ na urina de atletas de alta competição. A utilização deste medicamento aumenta as capacidades físicas em modalidades de longo esforço. A substância não faz parte das listas de produtos proibidos da Agência Mundial Antidopagem”, escreve o Diário de Notícias na sua edição de hoje.

“Em modalidades de alta competição, como o ciclismo, as corridas de fundo, o alpinismo e o futebol, onde a exigência física é elevada e o oxigénio é o “combustível” determinante para a obtenção de resultados, o viagra tem surgido nos últimos anos como um medicamento capaz de aumentar a “performance” desportiva. Pelas suas características de facilitador de transporte de oxigénio, o comprimido azul pode ser tomado sem problemas pelos desportistas, porque não é considerado doping”. Quem quiser saber mais pode ler na página 28 do Diário de Notícias de hoje, onde surgem também algumas explicações de Nuno Monteiro Pereira, urologista e presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia.

Um artigo para reflectir.

Sem comentários: