sábado, outubro 20, 2012

TB & M

«Há sempre um sítio pra fugir, se queres saber um sítio onde podes descansar.
Há sempre alguém pra te agarrar, pra te esconder.
Se vais cair eu vou-te ver antes da dança, antes da fuga, eu sei-te ver.
Antes do tempo te mudar eu vou saber, antes da névoa te vestir e te levar,
Há um sítio onde o escuro não chegou para onde podes ir, um rio para libertar.»

Sem comentários: