quarta-feira, outubro 17, 2012

Grey

Para tentar perceber as razões de tanto alarido (e porque me ofereceram o livro), comecei a ler o afamado livro de E. L. James, "As Cinquenta Sombras de Grey". Depois de oito capítulos, finalmente tiveram início as descrições de que todas as pessoas falam. E sinceramente o que o senhor Grey começou por fazer não me pareceu nada de extraordinário.

Depois, só percebo o sucesso deste livro porque as mulheres existem em número superior aos homens neste planeta a que chamamos Terra. Porque efectivamente se trata de um livro destinado ao sexo feminino e escrito por alguém que resolveu contar os seus sonhos e os seus ideais de perfeição.

Até porque o senhor Grey, com um corpo de deus grego e olhos cinzentos, nunca poderia existir na realidade. É produto da cabeça da senhora escritora. E cá para nós, ninguém tira a virgindade a alguém e depois a meio da noite vai tocar piano em tronco nu, deixando a espectacular donzela na cama exausta a dormir. E mais não digo.

Sem comentários: