domingo, outubro 07, 2012

quase

"Quase nada me falta
Para tudo ser quase perfeito...
Quase chego a pensar que são os quases
Que quase dão sentido à existência.
Fosse tudo completo e adquirido,
Fosse tudo conquistado e vivido
E a vida era quase incongruência!"

JPA

2 comentários:

Anónimo disse...

Quase...
Muito bom.

Bruno Marques disse...

E é só um excerto do poema. :)