segunda-feira, novembro 15, 2010

Villas-Boas

Dá-me um certo gozo ver alguns órgãos de comunicação social estrangeiros reconhecerem o trabalho realizado até este momento por André Villas-Boas. As dúvidas que se levantaram no início parecem agora totalmente dissipadas. Será talvez a prova de que a competência e a capacidade de trabalho não têm idade. Serve também para mostrar que devemos dar uma oportunidade às pessoas e não as crucificar prematuramente.

Sempre achei que André Villas-Boas era uma boa opção para treinar o FC Porto, nunca esperei foi que os resultados surgissem tão rapidamente. E parte do gozo que sinto neste momento tem a ver com todos aqueles que agora dão a mão à palmatória e reconhecem que estavam errados. Não tem nada de mal errar e sobretudo admitir o erro, mas fico satisfeito por Villas-Boas estar a encontrar o caminho do sucesso e pelo FC Porto estar de regresso aos bons velhos tempos.
Aqui fica o artigo escrito na edição online do diário desportivo espanhol Marca.

Sem comentários: