domingo, novembro 21, 2010

Escrever com os pés

Quando as pessoas têm dificuldade em expressar-se em termos escritos ou dão muitos erros, costumo utilizar a expressão "escrever com os pés". Embora imagine que escrever com os pés seja ainda mais complicado do que com as mãos. Logo, essas pessoas deviam era estar num outro patamar, muito superior.

E quando penso no assunto, gostava de conseguir escrever com o coração. Sempre. As palavras do coração são as mais genuínas, as mais coloridas, as mais emocionalmente atraentes. Escrever com a cabeça também será bom, frequentemente, mas soa mais a falso, premeditado. No meio disto tudo, os dedos limitam-se a juntar as letras e a formar as palavras. E como é bom poder escrever...

Sem comentários: