sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Lua Cheia

Lua cheia de saudade.
Cais na noite que termina
Tão breve como a verdade,
Que ficou lá onde tudo culmina.

Lua cheia de inspiração.
Chegas com a noite escura,
Como um sobressalto do coração,
Trazes a alma mais leve e pura.

Olhos e vejo a luz imensa,
Que me cobre por completo.
Fico quieto a pensar.

Admiro a beleza, o sentido e a razão,
Fico inerte sem respirar
Até que te vás embora…

Sem comentários: