terça-feira, setembro 30, 2014

:o|

«E que no momento certo se reencontrem e que nada, nada seja por acaso.»


1 comentário:

Anónimo disse...

Nada é por acaso. Nem puro acaso.

1+1