segunda-feira, dezembro 13, 2010

Regresso

Nada melhor para regressar do que pegar num pensamento de alguém nascido em Praga.

«O tempo não é uma medida. Um ano não conta, dez anos não representam nada. Ser artista não significa contar, é crescer como a árvore que não apressa a sua seiva e resiste, serena, aos grandes ventos da Primavera, sem temer que o Verão possa não vir. O Verão há-de vir. Mas só vem para aqueles que sabem esperar, tão sossegados como se tivessem na frente a eternidade»

Rainer Maria Rilke

Quanto tempo tens?

Sem comentários: