terça-feira, setembro 21, 2010

Os dias...

Entro em casa com a porta a fechar-se de rompante atrás de mim. Regresso ao ponto de partida da manhã, agora carregando um espírito mais pesado e melancólico. Cansado, distante, à espera daquele abraço. Banal, igual a tantos outros, mas especial. Só teu. Ofereces-me também o beijo habitual, demorado e sentido. Esperei por esta recepção o dia inteiro. Recupero as forças, liberto o sorriso e vamos trocando palavras. Tudo passa a voar até descansares agora a tua cabeça no meu ombro. Pousas as pernas sobre as minhas, fechas os olhos e desfrutamos a tranquilidade do final de mais uma batalha. Agora fica apenas o silêncio no lento caminho até um novo nascer do sol. Amanhã é mais um dia...

Sem comentários: