segunda-feira, outubro 06, 2008

Palavras

Por si só e sem qualquer razão aparente,
Este ser nasce da mesma forma que morre,
Assim como nasce,
Morre noutro dia qualquer...

11/07/99

2 comentários:

Jorge Rita disse...

...(como sei que o Pedro vem cá) Vês Pedro com que idade é que as pessoas NORMAIS brincam aos versinhos????

Bruno Marques disse...

LOL....:)