sábado, dezembro 30, 2006

Gatos...

Quem nunca fez aquele jogo do "se eu fosse um animal, qual seria?". Quase toda a gente já jogou esse jogo. Eu se fosse um animal acho que escolheria ser um gato. Mas não um gato qualquer. Queria ser gato persa. Daqueles que passam o dia sem fazer nada, que gostam muito de miminhos e só comem e dormem. Era uma vida dessas que eu precisava...

A propósito de gatos, gosto também de os ouvir a ronronar. Aquele ruído de satisfação que é também um misto de charme e preguiça. Ultimamente tenho tido a sorte de ouvir muitas vezes ronronar, curiosamente sem ter gatos ou gatas por perto.

Só para fechar por hoje e ir dormir, esta história dos gatos fez-me recordar um diálogo do filme "Vanilla Sky" que gostei particularmente. É um dos últimos diálogos, protagonizado pelo Tom Cruise e pela Penélope Cruz. É assim:

"David: Lembras-te do que me disseste uma vez? Cada minuto que passa é uma hipótese perdida de voltar tudo ao princípio.
Sofia: Eu encontro-te outra vez.
David: Vejo-te numa outra vida... quando ambos formos gatos".

Sem comentários: