quarta-feira, dezembro 21, 2011

O bem pelo bem

Lembro-me muitas vezes de um filme chamado "Favores em Cadeia". Tudo porque acho que as pessoas tendem a ser para nós aquilo que somos para elas.

Se bem me lembro, no referido filme, e tal como o nome indica, a personagem principal começou por procurar alguém necessitado de ajuda a quem fazia determinado "favor", ajudando-o. Depois a pessoa ajudada teria de prestar outro "favor" a alguém e assim sucessivamente.

Transpondo tudo isto para a realidade, e a razão de estar a escrever este post, a sensação que tenho é que se fizermos o bem a alguém depois iremos "receber" na mesma proporção. Uma espécie de troca do bem pelo bem. Com o mal funciona da mesma forma. Maldade traz coisas negativas.

Basicamente, praticar o bem não é um favor. Mas funcionará quase como tal porque quem recebe sensações positivas transmitirá sensações positivas. Teremos, sem o perceber, os tais "Favores em Cadeia". E afinal de contas não podemos viver isolados do mundo. Todos precisamos uns dos outros e transmitir e dar o que de melhor temos em nós.

Sem comentários: