quarta-feira, junho 01, 2011

Caminho

O caminho faço-o perdido nos pensamentos. Esses instantes, que parecem escassos, no início, meio e final do dia são importantes para me organizar. Para realizar a lista de acontecimentos diários, pensar como posso solucionar cada situação e finalmente um curto balanço do que aconteceu.

Sem música nos ouvidos, procuro o silêncio perdido no barulho do trânsito e nas conversas soltas de quem se vai cruzando comigo. De cabeça no chão ou de olhos postos um pouco mais à frente. Nada muda na vontade de encarar cada momento e cada dia como uma dádiva. De aproveitar, de fazer o certo e o errado, de viver. E caminhar...

Sem comentários: