segunda-feira, agosto 25, 2008

Passa...

As mudanças surgem da forma mais inesperada. De repente abre-se uma porta e o que resta são memórias do passado.

É estranho mas sempre como tem sido até aqui, tudo passa...

1 comentário:

Pedro Reis Sá disse...

Se a porta não se abre vai pela janela!