sábado, agosto 09, 2008

Assaltos

Não é novidade para ninguém que o número de assaltos em Portugal tem crescido. Para além do "roubo" feito pelo FC Porto ao Benfica, no caso o jogador Cristian Rodriguez, são muitos os assaltos que se registam diariamente por todo o país.


No entanto, diria que em mais nenhum lado se vê o tipo de assalto que se tem registado no concelho de Famalicão. Falo é claro dos recentes roubos a farmácias do concelho em que o assaltante tem fugido, imagine-se só, de motorizada. Parece que estou a ver o homem a fugir a alta velocidade na sua Famel Zundapp. Pior, e espero que isto não pegue moda, o assaltante entra nas farmácias de capacete e cachecol.

Este tipo de assalto é a prova da impunidade existente e da falta de meios que consigam impedir tais situações. Se fosse polícia acreditem que ficava fulo por ver alguém fugir de um assalto de mota. Diria que isto é quase um ultraje às forças da autoridade e revela, repito, a facilidade com que os ladrões conseguem "trabalhar" nos dias que correm. Isto é humilhante!

Felizmente ainda existe o GOE que, de vez em quando, ainda vai dando alguma prova de força e fazendo acreditar que é possível a sociedade civil respirar com algum alívio.

Sem comentários: