quarta-feira, janeiro 09, 2008

Conversa

Gosto muito de estar na conversa. Na treta ou a dar à língua, como se diz na terminologia mais popular. E essa virtude, ou defeito, já vem comigo desde os tempos de escola. Gostava muito de conversar com o colega do lado durante as aulas. E com os da frente, os de trás, com toda a gente. E por causa disso tive alguns naturais amargos de boca.

Ainda não perdi esse vício e por isso perco-me algumas vezes a conversar. O tema até pode ser um qualquer disparate mas não deixa de ser interessante. Acho que uma boa conversa faz falta, por muito que se corte na casaca de alguém, e para além do mais temos de andar bem informados. E uma conversa também serve para ficarmos a par das últimas novidades.

Quanto aos temas, esses dependem do interlocutor. Mas não sou esquisito e considero-me capaz de conversar sobre quase todos os temas. Agora, há uns que são mais apelativos do que outros. Mas conversa é conversa e gosto sempre de participar.

3 comentários:

Pedro Reis Sá disse...

Não tenho dúvidas que conversas bem...uma boa companhia!

Anónimo disse...

revejo-me completamente neste teu post pois o meu vicio de conversar sobre tudo e sobre nada já vem do tempo da escola e tal como tu tamb+em já tive algumas consequências. por isso uma vez o mau pai (que dorme durante o dia) deixou-me o seguinte recado: "por favor está calada, não penses que estás na escola"... mas não resultou pois ainda hoje gosto de conversar...
carla soares

Bruno Marques disse...

Obrigado pelo elogio Pedro. Ainda bem. Quanto a ti Carla gostei do recado do teu pai. :) Mas ainda bem que continuas a gostar de conversar...eu também...:)