quinta-feira, outubro 25, 2007

Sabedoria popular

Esta tarde estava a olhar para um calendário do mês de Outubro (a pensar na marcação do que resta das férias) e reparei numa particularidade do mesmo. Em cada mês tinha algumas indicações viradas para as questões agrícolas e até alguns ditados populares. Uma espécie de sabedoria popular.

Então, tinha lá um item designado por gado. E lá estava escrito o seguinte: "mês favorável para a cobrição das porcas". Por isso, quem tiver criação de porcos não se esqueça de durante este mês levar o porco até perto da porca.

Mas o calendário não se ficava por aqui. Tinha um ditado: "Quanto Outubro for ervilheiro, guarda para Março o palheiro". Nada mais verdadeiro...

4 comentários:

Wander Veroni disse...

Oi Bruno!

Gostei do seu blog. Muito criativo e original. Sou jornalista no Brasil e gostaria de convidá-lo para conhecer o meu blog, o "Café com Notícias". O endereço é: http://cafecomnoticias.blogspot.com

Abraço,

Wander Veroni - Jornalista.

Esclarecimento disse...

Olá, Bruno.
Era um leitor assiduo do "Bolas na trave", mas desde que restringiste a publicação de comentários, nunca mais vi comentários de algum cibernauta.
Porque terás tomado essa decisão? É irreversível?
Ah, e o nosso desporto concelhio tem sido um pouco descurado...Que achas?
Um abraço e bom trabalho.

Bruno Marques disse...

Wander Veroni, obrigado pelo comentário e prometo dar uma vista de olhos no seu blogue.

Ainda bem que gostou!

Abraço

Bruno Marques disse...

Nenhuma das minhas decisões é irreversível. Tomei a decisão de bloquear comentários porque estavam a surgir alguns comentários anónimos que não faziam sentido. E ainda para mais acho que se as pessoas têm uma opinião devem assumi-la. Sem se esconderem no anonimato.
Tenho consciência que o blogue tem pouco de desporto concelhio, mas sinceramente o tempo que tenho disponível não é o desejável para publicar muita informação. Aliás, estava até a pensar terminar com o Bolas na Trave...
Resta-me apenas agradecer o facto de ser um leitor assíduo e terei em conta a sua opinião.

Abraço