domingo, novembro 19, 2006

James

Ainda me lembro quando ouvimos James na primeira vez que nos vimos. Foi sem dúvida um grande começo para uma história que todos os dias cresce mais um pouco. E recordo os primeiros sorrisos, os encontros e desencontros, as músicas que foram passando nas horas daquela tarde. É fascinante viajar nesses momentos principalmente quando olhamos para trás e vemos prédios de sonhos construídos.
Hoje em dia deixo-me embalar nos ritmos coloridos desta banda com o pensamento preso nesses dias. E curioso é que uma das músicas se chama Destiny Calling…mas a que eu gosto mais é a She´s a Star
E só espero que estas músicas continuem a tocar nas nossas vidas porque estar contigo é viver junto ao mar e ver o pôr do sol todos os dias!

5 comentários:

vieria2000 disse...

Que mel! :-D
Nunca percas o romântismo.

Bruno Marques disse...

Tens razão. Tenho de deixar de escrever estas coisas aqui. Começa a ficar muito meloso..:)

carla disse...

James... aí está mais uma coincidência... é a banda favorita do meu marido e quando começamos a namorar (há muitos anos atrás) ele ofereceu-me exactamente este CD e deixou-me uma dedicatória escrita que começava assim: "She's a star"... não conto mais nada...
beijos...

Pedro Sá disse...

É meloso e assim romântico que gosto de ti!
Tirando os "prédios de sonho" o post está romântico e.. como direi.. está apelativo!
James ainda não resultou comigo.. vou tentar miudo!!!

Bruno Marques disse...

Vá rapaz, experimenta...;)