sexta-feira, outubro 06, 2006

Vale a pena?

«Penso na vida. Nada parece ser mais importante para mim que chegar ao miradouro antes do nascer do Sol. Por quanto tempo continuarei a viver assim, em função destes momentos tão fugazes e tão inconsequentes como uma madrugada sobre os Andes? Vale a pena viver por isto?»

- excerto do livro "A Lua pode esperar" do jornalista Gonçalo Cadilhe.


A questão que se coloca é se vale a pena viver por momentos tão fugazes e inconsequentes. Ou seja, se esses momentos dão algum sentido à vida. Eu tenho uma resposta. E no livro o jornalista também tem uma resposta para esta questão. E vocês?

4 comentários:

vieria2000 disse...

A resposta é óbvia e penso que consensual.O problema é percorrer o caminho para chegar a esta conclusão, porque não são muitos os que se dedicam a deleitar-se com estes pequenos nadas que enchem de prazer uma vida.E principalmente, que o assuma. Há quem nem se dê conta deles, há quem os busque nos sitios errados, há quem os despreze e fuja deles, mas mais cedo ou mais tarde acabam por chegar à velha e boa máxima - são as coisas mais simples da vida que trazem a felicidade, "os momentos fugazes"...

P.S. - andas com umas leituras... tb gosto de ler livros escritos por jornalistas. Eu acho q sei porque é...

carla disse...

estás-te a armar em bom, não é? (isto foi a magda que escreveu)queres primeiro saber o que nós pensamos, mas não nos divulgas o teu pensamento, malandro... (agora sou eu) acho que sim... estás a escrever cada vez melhor, ah é verdade afinal o texto não é teu...ah, ah, ah. (agora a magda) agora, a falar a sério, ou pensando melhor, não me apetece.... beijos
carla e magda

Pedro Sá disse...

Tudo vale a pena quando a alma não é pequena!!!Ou então mesmo quando é pequenina! Eu não tenho opinião!

Bruno Marques disse...

De qualquer das formas obrigado pela opinião (tom irónico). Vocês estão cada vez piores e as duas juntas fazem uma dupla terrível (agora a brincar). Não deviam estar a trabalhar em vez de comentarem posts? Façam como eu e sejam profissionais! :D Quanto ao Pedro Sá...sem comentários...(agora a rir-me que nem um perdido)...