quinta-feira, setembro 06, 2012

Brincadeira

Isto só pode ser brincadeira. Jorge Jesus foi ontem castigado por 15 dias pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol devido a declarações proferidas no final do Benfica-FC Porto, disputado a 3 de Março. Melhor ainda é que depois de tanto tempo para ser decidido este caso, o treinador do Benfica teve a sorte de ser castigado logo quando as competições em Portugal estão paradas. Ou seja, o mesmo é dizer que ele está de castigo mas não falhará nenhum jogo do Benfica. Só pode ter sido coincidência e uma tremenda sorte para Jorge Jesus (tom irónico).

Pergunto: para que serve um castigo destes? É mesmo um castigo? É que eu acho que isto quer dizer que Jorge Jesus poderá a fazer tudo o que quiser, assim como qualquer outro treinador (ou não), porque nada lhe acontecerá e em nada se prejudicará, a ele ou ao clube. Aqui neste futebol quase tudo passa impune. Relembro só um caso em Espanha em que Fábio Coentrão foi expulso do banco pelo árbitro num jogo de domingo e na quarta-feira já não jogou com o Barcelona para a Supertaça porque logo na segunda-feira foi castigado com quatro jogos de suspensão. E reparem noutra diferença, foi castigado em jogos e não em dias. Porque é no jogo que os treinadores e os jogadores são intervenientes.

Para finalizar, e só em jeito de previsão, acho que Luisão também será castigado (daqui a uns meses) mas terá um castigo em que apenas ficará impedido de jogar na Taça da Liga (quando o Benfica se iniciar na competição pelo que entretanto é melhor esperar mais um pouco para se decidir o castigo). Ou então será castigado em 30 dias, num mês em que as competições parem. Pode até propor-se 30 dias em Agosto de 2013. Ainda lhe sobrará um dia para, por exemplo, poder jogar na Eusébio Cup.

Sem comentários: