quarta-feira, agosto 11, 2010

Bom e mau

Dizem que as pessoas más duram mais tempo e que a ruindade conserva. É uma vantagem. Pergunto-me se vale a pena ser boa pessoa quando a maldade tantas e tantas vezes leva a melhor. Compensa optar pelo bem em detrimento do mal e ser-se bom em vez de maldoso?

Os maus morrem sempre velinhos. Duram e duram e duram para atormentar a vida de quem os rodeia. São respeitados por toda a gente, no sentido de terem receio das reacções que possam ter, e raramente surge alguém capaz de os afrontar. A maldade tem a vantagem de deixar sempre por cima quem a pratica.

As pessoas boas são normalmente calcadas quando possível e pagam cara a factura da sua bondade. Na maior parte das vezes. Basta que lhes apanhem o jeito para que qualquer um possa tirar proveito. Já para não dizer que recaem dúvidas constantes quando alguém pratica o que está certo. Daí se calhar o provérbio de que "quando a esmola é grande, o pobre desconfia".

As duas grandes vantagens que as boas pessoas têm é que geralmente têm mais amigos e pessoas a gostar delas e dormem sempre de consciência leve e tranquila. Sera que compensa? Façam o teste!

Sem comentários: