segunda-feira, janeiro 04, 2010

Goucha processa "5 para a meia noite"

«"Fico muito triste com o que aconteceu", disse Filomena Cautela, a propósito da querela provocada por uma "boca" proferida no programa que esta apresentou na semana passada na RTP2. Manuel Luís Goucha vai processar o "talk show".

O apresentador da TVI não gostou que tivesse sido classificado como a apresentadora do ano na edição de 28 de Dezembro de "5 para meia-noite". As hipóteses de escolha dadas aos convidados eram Filomena Cautela, Cláudia Vieira, Carolina Patrocínio e Manuel Luís Goucha. Em ambiente de humor e boa disposição, João Manzarra, uma das presenças dessa edição, ainda respondeu que a vitória deveria ser dada a Cláudia Vieira. Mas a resposta correcta, segundo a produção, era: Manuel Luís Goucha.

Filomena Cautela insiste na ideia de que nunca passou pela cabeça da equipa do programa lesar alguém. "Não se quis ofender o Manuel Luís Goucha", repetiu. "Não passou de uma brincadeira".

"Respeito muito o Manuel Luís Goucha e respeito a sua reacção, se ele se sentiu assim, lamento muito", acrescentou. Apesar das tentativas, não foi possível entrar em contacto com Manuel Luís Goucha. Segundo o "24 Horas", o apresentador do programa das manhãs e de "Uma canção para ti" vai processar o "talk show" da RTP2. "Não sou apresentadora, sou homem, mais homem do que muitos homens que maltratam as mulheres", disse ao diário "24 Horas".

Esta não é a primeira vez que o programa "5 para meia-noite" é alvo de críticas. Um vídeo no qual se tratava um militar como se fosse um cão, assinado por Nilton, outro dos apresentadores do formato, motivou a consternação da GNR, tendo sido, depois, em consequência da queixa, removido do site da RTP e portal Sapo. Na altura, Nilton reconheceu que a "brincadeira" pisou "um terreno arriscado".»

In Jornal de Notícias

Dizem que as brincadeiras têm limites, mas dar determinada importância a algumas situações só piora porque ganha ainda maior protagonismo. Também é por estas e por outras que os nossos tribunais estão abarrotar de processos. Enfim...

3 comentários:

ML disse...

Já tinha lido a notícia. Mas nem sei que diga. Percebo um bocadito os dois lados, mas... acho um exagero tribunais e coisas e tais.

Bruno Marques disse...

É um exagero, sem dúvida.

Anónimo disse...

É homem mas não é fanático...