segunda-feira, maio 18, 2009

Pensamento

Nunca devemos pensar demasiado nos "ses" da vida. Melhor do que pensar nos "e se..." é pôr em prática e depois ver o que é que acontece.

Senão corremos o risco de ficar no meio da ponte para sempre, sem boleia e correndo o risco de sermos atropelados. Atirarmo-nos abaixo da ponte também não é solução. Há que arriscar...

1 comentário:

Sonhadora disse...

Pois. Talvez.