terça-feira, setembro 23, 2008

Uma ideia

«Todos os exibicionismos são ridiculamente pobres, mas o mais ridículo de todos é, seguramente, o do dinheiro. Sempre pensei sobre isso o mesmo que penso sobre a beleza: não basta tê-la, é preciso também saber usá-la.

A isso chama-se classe, no sentido estético da palavra, uma coisa que nem o dinheiro nem a beleza garantem por si sós».

MST in GQ

3 comentários:

Jorge Rita disse...

É por isso que faz sentido aquela expressão popular:"isso é coisa de pobre!".
Todos somos exibicionistas. Uns mais que outros. tb todos temos um dom, e claro temos de saber usa-lo. O MST tem o dom da palavra(eu acho que não é genético)e é para mim um exibicionista que sabe usar o dom que tem.
Se olhares bem á nossa volta Bruno temos um lote grande de exibicionistas!ehehehhehehe

Bruno Marques disse...

É bem verdade. O exibicionismo está em todo o lado...e não há como lutar contra ele...:)

PontoGi disse...

Ou berço!