terça-feira, maio 13, 2014

...

Viver está na graciosidade do momento em que encaramos as voltas da montanha russa, sem apontar o dedo, de braços bem no ar, festejando a hora e todos os segundos de felicidade. Que nos marca, que vai connosco, guardada nos recantos profundos da superfície da pele. A pele onde habitam os sentimentos mais reais. A vida que foi feita para viver a mil, não é mais do que a vontade voraz de fazer permanecer marcas tatuadas nas pessoas. Como se viver fosse deixarmo-nos ficar cá para a eternidade.

1 comentário:

Anónimo disse...

Mágico. O poder de tocar em quem passa por nós.

1+1