quarta-feira, janeiro 15, 2014

Interior

Às vezes seria importante existirem uns óculos especiais que fossem capazes de ver o interior das pessoas. Porque o exterior parece perfeito, animado, feliz, mas já alguém disse um dia que "quem vê montras não vê armazéns". O exterior pode ser retocado, aparentar um ar sorridente, mesmo que o interior esteja destroçado. 

O perigo e a injustiça é construirmos ideias erradas das pessoas. Com base no que diz o exterior. Não percebendo algumas reacções, censurando, voltando as costas sem querer entender realmente os porquês.

1 comentário:

Anónimo disse...

"Mas, na minha visão crepuscular, só vagamente
distingo o que essas vidraças súbitas, reveladas na superfície
das coisas, admitem do interior que velam e revelam. Entendo
sem conhecimento, como um cego a quem falem de
cores."