segunda-feira, setembro 30, 2013

...



Deixa-me tecer a malha do meu encanto,
Respirar paixão até à embriaguez,
Sugar as nódoas tatuadas no percurso,
Expulsar medos e perder-me na efémera felicidade…

Sem comentários: