terça-feira, julho 20, 2010

Artigos...

Longe vão os tempos em que a publicação de artigos escritos por mim era motivo de um brilhozinho nos olhos. Aliás, guardo religiosamente tudo o que escrevi nos primeiros passos dados nesta coisa a que chamam jornalismo. Provavelmente é aquela visão romântica de principiante em algo que desde cedo começamos a criar como sonho na nossa cabeça.

Com o passar dos anos, o sentimento de que somos especiais e de que podemos fazer algo que marque a diferença vai-se perdendo. Ter uma grande reportagem ou uma pequena nota de rodapé é quase o mesmo. Deixa-se de ligar ao espaço que nos dão. É claro que continuo a adorar escrever e qualquer peça com a minha assinatura tem a garantia de que ali está o melhor que consigo realizar.

O olhar que coloco no produto final é que já não é o mesmo. Os olhos deixaram de brilhar. Só isso. Ou, infelizmente isso. Tenho de procurar o antídoto, a poção mágica. Se ainda existir...

1 comentário:

Isandes disse...

Isso chama-se rigor e autoexigência, não? tens de arranjar 1 desafio novo. *