quinta-feira, junho 11, 2009

Dinheiro

A pergunta que hoje deve andar pela cabeça de muitas pessoas é: 94 milhões de euros não poderiam resolver muitos problemas financeiros mundiais?

Não cabe na minha cabeça que um clube de futebol possa pagar num curto espaço de tempo 65 milhões de euros por um jogador (Káká) e 94 milhões por outro (Cristiano Ronaldo). Diria até que na actual conjuntura financeira mundial isto tem contornos de escândalo. É uma afronta!

Deveria existir uma qualquer forma de impedir este tipo de transferências. Se o Real Madrid ou outros clubes têm assim tanto dinheiro, porque não distribuí-lo por pessoas necessitadas? Ou então ajudar instituições ou empresas à beira da falência, salvando muitos postos de trabalho.

2 comentários:

Jorge Rita disse...

Discordo. O futebol é um negocio e se olhares noutra perspectiva estes investimentos vão potenciar riqueza e alimentar um conjunto de outros negocios.
Se as verbas podem assustar assim em primeira análise também podem ser encaradas como sinal de confiança na economia.
No caso de Ronaldo, parece-me que o Real Madrid acaba de fazer um grande negócio.(só falta um Makelele á equipa do Real Madrid)

Bruno Marques disse...

Continuo a achar uma exagero. :D