quinta-feira, junho 18, 2009

Declaração de amor

Há um poema de Fernando Pessoa que diz que "todas as cartas de amor são ridículas". O mesmo se pode dizer das declarações de amor. Mas pessoalmente gosto tanto de umas como de outras porque são genuínas.

Curioso é ver que o amor atravessa todas as idades e atinge todas as pessoas. Veja-se este exemplo de um miúdo, que não deve ter mais de 13 anos, e já está perdido de amores por uma rapariga.

3 comentários:

Anónimo disse...

ja parece o nosso amigo rita kakaak
anda tudo perdido de amores

Angelo Sá disse...

Gosto e do pijama do puto, mas falando um pouco a sério nada do que se faça a alguem que se ama é ridiculo mt menos uma carta de amor!!

Bruno Marques disse...

O Rita anda perdido de amores?!?!?! Ui...

Tens razão Ângelo. Por amor nada é ridículo...