segunda-feira, novembro 17, 2008

Convite

Hoje recebi um convite irrecusável pelo telefone. Pena que tinha alguns "ses" e o meu interlocutor tinha também algumas dúvidas na concretização dos seus planos que implicariam que o referido convite ficasse por isso mesmo, um convite.

E normalmente é isso que acontecesse com grande parte dos convites. Tem a sua parte extremamente positiva e depois algo de duvidoso. Quero acreditar no cenário muito optimista que o meu interlocutor criou. Espero até que essa grande projecção aconteça. E aí terei todo o prazer em aceitar o convite.

11 comentários:

Jorge Rita disse...

Ó Bruno, o teu Blog deixou de dizer Piaçaba!

Pedro Reis Sá disse...

Os convites são feitos do coração. os meus!

Bruno Marques disse...

Pois foi, Rita. Deixou de dizer porque na maior parte dos sítios esse instrumento não tem utilidade. :) Como tal, desisti...de dizer piaçaba! :D

Pedro, com o coração tenho a certeza. Falta é o resto dos órgãos...

flá disse...

Ó Bru, mas o meu continua de pé, aquele pro fim-de-semana de 29 Nov. a 1 Dez. no parque de exposições. Por isso diz-me se conto contigo pra teres free-pass na bilheteira, tá? bjs

Bruno Marques disse...

O teu é um convite mais sério, no sentido de só estar dependente de mim. Podes contar comigo e devo levar companhia...:D

flá disse...

atão falamos depois (e claro q o convite n era só para ti :D)

Pedro Reis Sá disse...

Estou mal disposto contigo!

Bruno Marques disse...

Uma palavra: rennie

Jesus disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Jesus disse...

A proposta mais séria que me fizeram até hoje, foi tua.
Com cabeça, tronco e membros e no dia estou lá!
E espero estar à altura, bem pelo menos já sei aquela cena das cruzinhas.

Bruno Marques disse...

Nesse caso, foi uma proposta com todos os órgãos e mais alguns...:D