sábado, março 24, 2007

Escrever

O que gostava mesmo era de ganhar a vida a escrever. Viver só da escrita. Isso era bom. Por isso, acho que os escritores são uns sortudos e devem agradecer esse dom.

E quem vive só da escrita tem ainda a oportunidade de poder percepcionar melhor o mundo que o rodeia e por conseguinte escrever sobre ele. Esse é outro dos aspectos positivos. Por vezes vivemos o dia-a-dia tão stressados que não reparamos nas coisas fantásticas que nos rodeiam.

Já sabem, se alguém me quiser fazer uma proposta para ganhar a vida a escrever, está à vontade. :)

3 comentários:

Anónimo disse...

Olá amigo, não me esqueci do prometido. Como prometi um recado 'fofinho' agora já não posso dizer mal da tua capacidade de escrita... A folga de ontem deve ter sabido muita bem, espero que a tenhas aproveitado ao máximo, assim como este fim-de-semana. Mesmo que não ganhes a vida a escrever, continua a fazê-lo, porque mesmo que escrevamos apenas olá, desde que tenhamos muita gente de quem gostamos a quem o dirigir, já tocamos a felicidade. Por isso: OLÁ. beijos e até terça-feira......

Flá disse...

deixei-te uma "prenda" no meu blog...

Bruno Marques disse...

Logo vi que não te esquecias. Beijos e até terça...