sábado, abril 12, 2014

o tempo

Às vezes tenho a sensação de que o tempo passa rápido de mais. Tenho medo de envelhecer sem cumprir alguns desejos. Ou então concluir que já não vou a tempo de os concretizar. Isso e, daqui a algum tempo, parar para pensar e morrer só das saudades de alguns dias da minha vida. Momentos lindos, segundos delirantes, horas extraordinárias, curtos olhares e sorrisos profundos. Um dia ainda morro de saudade.

2 comentários:

Anónimo disse...

Todos os dias morro um bocadinho de saudade. Mas morro feliz, já que a felicidade alimenta a saudade.

Anónimo disse...

O medo faz parte... Faz-nos querer viver e acordar e sentir que estamos de novo prontos para esses momentos.
Saudades são o oposto da morte. Significam vida e um coraçao que pulsa... Longe ou perto.