quinta-feira, abril 25, 2013

...

O estranho é sempre relativo.

Sem comentários: