terça-feira, novembro 10, 2009

Lembro-me

Lembro-me que antigamente os dias duravam muito mais tempo.

Lembro-me que a minha avó me chamava "anjo", dando-me duas bolachas Maria com um pedaço de queijo no meio.

Lembro-me que chorava baba e ranho quando não me deixavam ficar a brincar com o meu primo todo o santo dia de sábado.

Lembro-me das festas de aniversário da adolescência e de dançar agarradinho às miúdas presentes.

Lembro-me daquilo que me faz sentir o coração mais apertadinho...

Lembro-me do passado. Como será o amanhã?

4 comentários:

Anónimo disse...

Uii que lindo Bru... Um passeiosinho pela rua da memoria e sempre gostoso...Beijinhos para voces

Je disse...

esqueci de assinar... lol
Je :P

Bruno Marques disse...

:D

Só tu:) disse...

E se recordar é viver:)